5 dicas de decoração para ampliar ambientes

O preço do metro quadrado é cada vez maior, especialmente nas grandes capitais e centros urbanos. Consequentemente, a metragem dos imóveis tende a diminuir para que o preço final permaneça acessível ao consumidor. Por outro lado, é claro que ninguém quer viver num cubículo, então como tornar esse espaço mais agradável?

Designers, decoradores e até engenheiros tornaram-se especialistas em aproveitamento de espaço, mas você não precisa ser um para trazer esse efeito para o seu lar. Alguns truques de decoração podem ser o suficiente para dar uma nova cara ao seu ambiente – uma cara maior!

Confira 05 dicas de decoração para ampliar ambientes pequenos e acabar com a sensação de sufoco!

1. Olhe onde pisa!

A decoração do piso é uma das mais esquecidas, porém esse acabamento pode ajudar muito a ampliar ambientes pequenos. A dica é apostar na continuidade, ou seja, usar o mesmo piso para todos os ambientes anexos. Assim, você evita quebras visuais que diminuem o espaço.

Por outro lado, isso não quer dizer que você não possa utilizar objetos no chão. Basta saber como aumentar os ambientes com eles. Os tapetes, por exemplo, podem ser grandes aliados se tiverem o tamanho adequado e um padrão listrado.

Eles devem respeitar os limites do sofá e de outros móveis. Além disso, é bom que ele continue por baixo do sofá. Esses limites ajudam a criar uma sensação de espaço amplo e bem aproveitado. As listras, por sua vez, alongam e ampliam o ambiente.

2. Mantenha as paredes limpas e o teto claro

Cores claras são suas melhores amigas na decoração para ampliar ambientes, assim como a iluminação. Por isso, aposte no teto branco. Mesmo que as paredes sejam de outra cor, esse detalhe já ajuda muito na sensação de um ambiente maior.

E por falar em detalhes, talvez seja melhor deixar as sancas em gesso pra lá. Por mais lindas que sejam, elas acabam diminuindo o ambiente. Então, mantenha o teto liso ou aposte em sancas com poucos detalhes.

O mesmo vale para as paredes, quanto mais detalhes menor a sensação espacial do ambiente. Por isso você deve evitar encher a parede de quadros ou usar papeis de parede muito rebuscados. Aposto em poucos itens e bem espaçados ou padrões com linhas finas.

Banner Dicas

3. Use espelhos – com cuidado!

Quando se trata de como aumentar ambientes os espelhos são a dica de decoração mais batida de todas. Bom, isso é óbvio, afinal eles funcionam muito bem para essa finalidade. Por outro, não é só ir colocando espelhos em todas as paredes.

Há alguns cuidados fundamentais para que o uso dos espelhos realmente contribua com a sua decoração ao invés de atrapalhá-la. O principal deles é planejar a posição do espelho para que ele não reflita um cômodo sem graça, como o banheiro, ou luzes em excesso.

Outra dica é apostar em espelhos horizontais, pois eles alongam os ambientes. Além disso, escolha apenas uma parede do cômodo para ter espelho. Do contrário, sua decoração pode ficar muito poluída e causam o efeito oposto de ampliar o ambiente.

4. Vá até o teto ↑

Ao contrário dos espelhos, você deve priorizar móveis verticais que vão do chão ao teto. Essa é uma das melhores dicas de como aumentar ambientes pequenos e ainda melhorar o aproveitamento do espaço.

Quanto mais restrito é o espaço que você tem, mais vale a pena apostar em móveis planejados e aproveitar cada centímetro disponível. O maior truque, no entanto, está em levar a mobília até o teto ao invés de deixar qualquer vão livre como é comum.

Dessa forma, você consegue uma decoração linda e prática que não apenas dá a sensação de um ambiente maior, mas também cria mais área útil.

03. BP0002

5. Literalmente, abra mais espaço

O conceito aberto é uma tendência para aproveitar melhor o espaço de imóveis pequenos. Um exemplo de sua utilização é não colocar paredes entre a sala de estar e jantar, formando um ambiente 2 em 1. Sala e cozinha integrados também são bastante utilizados.

Essa técnica pode ir além da estrutura do imóvel e ser utilizada na decoração para ampliar ambientes. O uso de móveis com múltipla função é um exemplo. Uma estante pode ser colocada entre a sala de estar e jantar para delimitar cada espaço sem fechar o ambiente e manter a sensação espacial de amplitude.

Uma bancada entre a cozinha e a sala tanto pode servir como mesa quanto abrigar espaço para armazenamento. Sem fechar uma parede, você limita os dois ambientes e ainda cria uma área útil para o dia a dia.

E, se estiver dentro das suas possibilidades, literalmente abra as paredes para mesclar ambientes e aumentar o espaço disponível para uso.

 

Gostou do post? Então assine nosso newsletter e receba mais dicas como essa!

03. Seguir