A importância da visita na compra de imóveis

Um erro comum, mas fatal entre os clientes que estão tentando conquistar seu novo lar é evitar a visita à imóveis. Muita gente busca comodidade ao ver apenas as fotos disponíveis no site da imobiliária e pesquisar a localização no Google Maps.

O que essas pessoas não sabem é nenhuma dessas soluções substitui a visita presencial. São inúmeros os detalhes que as fotos deixam passar tornando-se enganosas. Além disso, é impossível conhecer o perfil dos moradores e o movimento da região pelo mapa.

Uma manhã de sábado é o suficiente para visitar diversos imóveis e conhecer de perto e de verdade aquele que pode se tornar o seu novo lar. Não acredita? Então confira no post tudo o que você está perdendo por evitar visitar imóveis!

Metragem

Uma das perguntas mais inúteis dos clientes é “qual é a metragem?” Afinal, é muito difícil perceber a diferença entre um imóvel de 40m² ou 60m² no olho. Até profissionais treinados tem essa dificuldade, portanto, um número não quer dizer nada sobre o tamanho do imóvel.

As fotos são ainda mais enganosas. Elas podem ser tiradas em ângulos que favorecem o cômodo e o fazer parecer maior do que realmente é. Outras vezes, pode acontecer o contrário e um cômodo confortável parecer minúsculo pela inabilidade do fotógrafo.

Em resumo, apenas vendo o imóvel de verdade o cliente conseguirá ter uma verdadeira noção do seu tamanho. E fica uma dica: sempre que possível visite o decorado. Às vezes o imóvel pode parecer pequeno, mas ao colocar os móveis você percebe o seu verdadeiro potencial.

Localização

A localização é um fator determinante na escolha do imóvel. Afinal, não adianta comprar um imóvel maior ou mais barato se ele fica longe de tudo, na contramão do trabalho ou em uma região desagradável.

Lembre-se, no entanto, que não existe um bairro bom ou ruim para se morar, tudo depende da região. O imóvel pode estar localizado em uma rua calma, com fácil acesso a vias principais e ao transporte público. Por isso, é tão importante ir visitar o local pessoalmente.

I2

 

Vizinhança

Outra característica que apenas uma visita ao imóvel pode revelar é o perfil da vizinhança. Há clientes que procuram um local calmo, outros já preferem viver próximo a grandes vias. Em alguns casos é óbvio, é difícil achar uma rua calma no Centro, por exemplo.

Por outro lado, muitas ruas podem parecer calmas, mas no dia a dia tem um grande fluxo de pessoas, muito comércio ou aquele vizinho barulhento. Tudo isso você só vai descobrir conhecendo o local e vendo por si próprio se o ambiente te agrada ou não.

Condições

Muita gente se apaixona pelo imóvel e já quer sair sabendo as condições de pagamento sem fazer a visita. Só porque as fotos são lindas, mas lembre-se de que elas são editadas para favorecer o produto e podem esconder detalhes importantes.

Muitas vezes a foto do decorado não tem nada a ver com o imóvel que você irá receber ou pessoalmente aquele acabamento acaba não sendo tão bom assim. E se você está avaliando um imóvel usado, a visita é imprescindível!

Olhe tudo de perto: se o imóvel possui infiltrações, rachaduras, a condição da fiação elétrica e estrutural, etc. A visita pode inclusive oferecer argumentos para você negociar o preço ou melhor condições de pagamento.

Iluminação

De todos os detalhes, a iluminação é a mais prejudicada nas fotos do imóvel. Você pode ver um imóvel com fotos escuras e ficar com a impressão de que ele não tem boa incidência solar. Em outros casos, a foto é iluminada até demais.

Isso tudo é culpa da edição. O imóvel pode ser muito bem iluminado, mas como a foto foi tirada contra a luz ele parecer ser escuro. Da mesma forma, uma edição simples pode fazer o imóvel parecer mega iluminado quando não passa de um efeito de design.

Faça uma visita ao imóvel para ver como ele realmente é a luz do dia e, se possível, vá mais de uma vez em horários diferentes para ver a mudança de iluminação com a passagem do tempo.

I1

Acabamentos

Os acabamentos são um grande diferencial nos imóveis, eles podem até alterar o valor final da compra ou ser um bônus na aquisição. Mais uma vez, no entanto, as fotos enganam e muito. Alguns filtros podem fazer parecer que o acabamento é perfeito quando na realidade…

Ao visitar o imóvel pessoalmente você pode perceber defeitos na pintura, um azulejo mal colocado, rejuntes mal feitos e por aí vai. Não é o caso na maioria das vezes, mas vale a pena fazer a visita e não correr o risco de cair na exceção.

Infraestrutura

Quem compra um imóvel muitas vezes leva junto uma infraestrutura, especialmente quem opta por um condomínio clube. Nos anúncios e fotos, esses empreendimentos são muito atrativos e, de fato, eles oferecem muitas vantagens, mas é preciso ter cuidado.

A piscina da foto pode ser muito menor do que aparenta, podem existir regras para a utilização do espaço comum e outros detalhes que são discutidos apenas na hora da visita. Por isso, não pule a visita e vá conhecer o empreendimento de perto.

Escolha

De todas as suas vantagens, no entanto, o principal motivo para visitar imóveis é sua influência na decisão de compra. Ver dois empreendimentos diferentes pode te ajudar a decidir qual atende melhor as suas necessidades.

Conhecer novas localidades pode te fazer perceber que os bairros desejados nem sempre são a melhor escolha. Ver imóveis de perto vai criar uma noção de espaço e metragem que apenas com fotos é impossível ter. É na visita que você vai conhecer e escolher o seu novo lar.

 

Você estava cometendo o erro de evitar visitas?

BANNER DOWNLOAD.png