Localização: como escolher onde morar em 6 perguntas

A localização é um dos critérios mais importantes na hora de escolher onde comprar um imóvel. Ela interfere no valor, na rotina e na experiência que os moradores terão no novo lar, portanto, faz toda diferença.

Justamente por ser tão importante, o cliente pode enfrentar dificuldades para descobrir quais são suas prioridades ao comprar um imóvel. É melhor ficar perto do trabalho e economizar tempo ou um pouco mais afastado e prezar pela qualidade de vida?

Para que você não sofra fazendo essa escolha separamos seis perguntas que irão te ajudar a definir quais são os melhores bairros ou cidades para morar. Confira!

1. É perto do trabalho, escola ou faculdade?

Se você não tem ideia de como escolher onde morar comece pensando na praticidade. Identifique quais são os lugares para onde você se desloca diariamente ou com muita frequência e comece delimitar sua escolha pelas regiões mais próximas.

Lembrando que algumas regiões podem ser mais longe, mas possuir um acesso facilitado. Pode ser mais rápido sair da região metropolitana para ir até o centro, por exemplo, do que de um bairro da cidade. Afinal, o trânsito tende a fluir melhor nas BRs.

2. A região é rica em comércios?

Antes de escolher ou descartar uma região avalie quais facilidades ela oferece. Pode valer a pena morar um pouco mais longe da família, que você só visita nos finais de semana, e ter todos os serviços “à mão” no dia a dia.

Supermercados, agências bancárias, padarias, farmácias e comércios de modo geral são utilidades importantes. Afinal, você precisa delas quase diariamente e é um grande incômodo ter que se arrumar e pegar o carro toda vez que quiser comer um pãozinho, não é?

3. A região conta com todos os serviços de que eu preciso?

A infraestrutura urbana presente na região do também é uma forma de descobrir como escolher onde morar. Unidades de saúde e agências dos Correios podem ser serviços que você não utiliza com frequência, mas quando precisa é em momentos de urgência.

Por isso, considere os serviços públicos presentes nos bairros ou cidades de sua escolha para não ser pego desprevenido. É aquela velha história: é melhor ter e não precisar do que precisar e não ter.

4. O perfil dos moradores combina com o meu?

Cada rua tem o seu jeitinho e isso é formado pelas pessoas que moram nela. Uma região cujos moradores são jovens tende a ser mais agitada, enquanto uma população mais idosa cria um ambiente mais calmo e tranquilo.

Para você descobrir como escolher onde morar comece descobrindo que tipo de morador você é. Você prefere uma rua mais agitada ou mais tranquila? Você se incomoda com barulho ou é o silêncio que te deixa inquieto? Que tipo de vizinho você gostaria de ter?

E para descobrir se o que você está considerando se encaixa naquilo que você procura é imprescindível visitar imóveis na região. Apenas estando lá você consegue realmente descobrir qual é o perfil dos moradores e se você gosta dele ou não.

Dica Estilar #70.png

5. Por quanto tempo eu vou morar aqui?

Outro detalhe que pode fazer a diferença na escolha da localização do imóvel e muita gente deixa passar são os planos para o futuro. Quem está procurando um novo lar, mas sabe que essa escolha não é permanente tem um leque maior de opções para explorar.

Você pode considerar, por exemplo, um imóvel menor que fique mais perto do trabalho. Futuramente, você investe em um imóvel maior e mais confortável que, provavelmente, será em uma região mais afastada.

6. Que tipo de qualidade de vida eu quero?

Morar próximo do Centro é ótimo, pois você tem acesso a todo tipo de serviço, comércio e infraestrutura. Por outro lado, é uma região extremamente movimentada, cheia de trânsito, barulho e poluição.

Entre as vantagens de morar na Região Metropolitana estão as ruas mais vazias, administração local mais eficiente e uma convivência próxima com a natureza. Claro que o acesso ao Centro é mais longe, mas isso não precisa ser um problema.

Como escolher onde morar nesse caso depende do que você espera da região. Se para você acessibilidade é mais importante, opte pelo Centro. Agora, se você procura mais tranquilidade em uma região mais residencial, opte pela região metropolitana ou bairros mais afastados.

Dica Estilar #55.png

Não é fácil descobrir qual é a melhor localização para comprar um imóvel. Todos os bairros ou cidades tem os seus pontos positivos e negativos, mas se você descobrir o que é prioridade para você fica mais fácil fazer algumas escolhas.

E aí, encontrou a região ideal para você? Conta para a gente nos comentários!